Escrevo histórias especiais para quem se cadastra em minha lista. Inscreva-se

Leia antes de comprar um cachorro

Published 20/11/2014 - 1 Comment

Esta semana ouvi uma história que me intrigou, até mais, me revoltou um pouco. Precisava desabafar sobre mais este assunto e cá estou eu, no meu diário, nada diário, de desabafos. A história é a seguinte: a pessoa comprou por mais de mil reais um cachorro de raça. Lindo, fofinho, parecia de mentira, de revista, de filme! Só que ela não conhece nada da raça. Nadica de nada. Não sabe se quer porque existem raças de cães. Enfim, o cachorro cresceu. É uma raça de caça e exige muita atividade física e espaço. Sem isso, estava destruindo a casa, exigindo muita atenção das pessoas, chegando a derrubá-las e um treinador, que obviamente também não conhece nada da raça, disse para deixar o cão preso durante o dia e só soltá-lo à noite.

A raça do cão é braco alemão, raça da Íris e da Ayra. Quando a Íris chegou, eu também não sabia nada sobre esta raça e muito pouco o por que das raças de cães. Foi a paixão pelo german shorthaired pointer que me motivou a pesquisar mais. A primeira coisa que toda pessoa que resolve comprar um cão de raça deve saber é: cães de raça são cães de trabalho. A grande maioria das raças foi desenvolvida para um trabalho. Se você tem um cão de raça, você deve ensiná-lo a trabalhar, ele será mais feliz se sentindo útil, se tiver uma função, um trabalho a fazer. Aprendi isso brigando com a Íris para que não fizesse tanto barulho por causa de uma lagartixa. Até que entendi que ela era um cão muito dedicado e eficiente em seu trabalho. Caçar era sua função aqui em casa, a qual sempre desempenhou com louvor. A raça também é usada para casa de trufas, por ter um excelente faro. Sei que ela nunca achou trufa no jardim, mas ela bem tentou! Prepare-se, ter um braco alemão é ter buracos no jardim. É um cão rústico de extrema resistência, que adora água, correr, saltar, contato com outros cães e proximidade com as pessoas. Entre os donos de gsp, temos uma piada interna de chamá-lo de velcro dog. Definitivamente, não é uma raça de cão para se deixar no canil preso durante o dia e só soltar quando todos estão dormindo. É uma raça que em TODOS os textos que li sobre, fala sobre a necessidade de exercício de 2 a 3 vezes por dia para cães que moram em lugares com pouco espaço! Agora, como alguém compra um cachorro sem saber disso?

Do mesmo jeito que pessoas compram esses mini dogs fofinhos e peludinhos sem saber que muitas destas raças foram desenvolvidas para caça de ratos em castelos e casas. Ou não entende porque o bichinho tão pequenino morde todo mundo e é mais bravo que o grandão da vizinha. Mal sabem que cachorros pequenos também eram usados como última linha de defesa de imperadores, ficavam escondidos em suas longas mangas e mantos. São sim, feras feitas para matar os mais cruéis assassinos!  E aí ficam oferecendo o cão para os outros, já que não dão mais conta e não conseguem entender por quê e quando o filhotinho fofinho se transformou em um monstro destruidor.

E aqui vou compartilhar com você um conhecimento recém adquirido e muito importante: SE VOCÊ QUER UM CÃO DE COMPANHIA APENAS, A MELHOR RAÇA É O VIRA-LATA. Se você quer um cão obediente, que se adapta a diferentes espaços e estilos de vida, que não tem uma característica forte de trabalho por instinto de raça, você quer um vira-lata. E quando digo vira-latas não estou falando do cruzamento entre duas raças, porque a chance de um cross-breed ainda trazer forte os instintos de trabalho das raças dos pais é grande. Estou falando de vira-lata daqueles bem misturados mesmo, que não dá pra saber o que se juntou pra fazer aquilo ali. É a raça de maior longevidade, além de garantir cães divertidos, inteligentes, carinhosos, sem deformidades – como focinho muito curto, pelo muito longo – que são incentivadas em algumas raças…

Vira-latas são cães mais equilibrados. São cães perfeitos para quem apenas quer ter um cão no quintal de casa. E o melhor, é de graça! Quando você faz como nós que adotamos a Pretinha e escolhemos um cão adulto resgatado da rua, temos um animalzinho tão grato que aprendo diariamente com ela sobre a grandeza da gratidão. E não me venha dizer que vira-latas não é bonito como cão de raça. Cachorro bonito é cachorro bem cuidado, feliz e amado. Minha matilha é formada por uma cadela de cada tipo: temos uma cross-breed, mistura de doberman e weimaraner, que trabalha como cão de guarda da casa; temos uma vira-latas que veio para fazer companhia para a cross-breed quando a Íris morreu e trabalha como companheira de todos, para tudo quanto é aventura; e temos uma raça pura, a Ayra, nossa GSP ainda filhote que veio para assumir o posto da caça que ficou um pouco de lado com a morte da Íris. Escrevo com experiência de quem tem vira-lata e cão de raça. E repito, se você quer um cão para ser seu amigo, para fazer companhia, para você caminhar, para abraçar e tirar fotos, adote um vira-latas.

Vamos lá @royalcaninbrasil! Minha SRD (sem raça definida) é única porque ela é uma bailarina canina! Adora saltitar na pontinha das patinhas traseiras, colocar as patas dianteiras na cintura da gente e dançar agarradinha! Ela é única porque faz high5, é minha companheira de caminhada e corrida, de cabo de guerra, meu carrapatinho, minha sombrinha! Ela é muito grata pela casa, comida, carinho e amor que recebe e eu sou imensamente grata a ela por todo amor, paciência e alegria que ela tem. Ela é ótima para solucionar desafios e adora roubar coisas escondidas na cozinha. Seu nome completo é Hila Pretinha Corisca da Silva e na minha matilha ela cuida das artes e entretenimento #royalcaninbrasil #racadasemana

Uma foto publicada por Mariana Pimenta (@pimentita) em

Já, quem quer um cão de guarda, tem que buscar uma raça de cão de guarda. Não ache que pegar o seu pointer alemão e deixá-lo preso durante o dia, vai fazer dele um rottweiller. Não vai. Recentemente, comentando sobre a profissão de consultora de raças, que é comum nos Estados Unidos, me disseram que deveria investir na carreira. Quem sabe mais pra frente, o certo é que já vi que mercado de trabalho existe!

Aproveito este texto para dar mais algumas dicas para donos de bracos que tenho aprendido nas minhas conversas e pesquisas. Um cachorro que corre tranquilo uma maratona, uma corridinha de 5km é só o aquecimento. Uma opção para fortalecê-lo e cansá-lo mais rápido, é encarar ladeiras com seu cão. Ele vai curtir e ainda faz bem para você, pra sua saúde e para suas coxas! O german pointer é uma raça criada há muitos séculos para ser um cão completo para um caçador. É um animal que fica mais feliz em bandos, está acostumado a caçar e viver com mais cães. Também é um cão acostumado a viver e dormir próximo ao dono. É um bichinho que gosta de gente, que sente saudades e sofre com a solidão. É um cão que gosta de companhia, que é super comunicativo. Conversa com o olhar e quando quer te falar ou pedir alguma coisa, late de um jeito que parece que está falando.

Não compre um cachorro porque achou o filhote bonito. Não compre um cachorro por admirar a aparência da raça. Escolha um cachorro pela sua função, índole, espaço, tempo para dedicar a ele. Nunca compre ou adote um bicho por impulso. Ter um bicho de estimação é que nem ter um filho, cabe a você cuidar, dar comida, água, abrigo, remédios, carinho, disciplina, educação e amor.

Gostou deste texto?

Tem muito mais por e-mail.
Preencha e ganhe meu e-book Início - contos e poemas que não deveriam ser esquecidos na gaveta